Nathalia Soares | Todos direitos reservados © 2018 | Desenvolvido por A Entrega.

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Se você quer acompanhar de perto todas as novidades, artigos e promoções do Blog, assine nossa Newsletter!

Insira um email válido

Bertioga - Maresias - O Xodó da Mari

20.07.2016

Oi Pessoal tudo bem ?

 

Quem me acompanha aqui no Blog, sabe que adoro compartilhar histórias reais e motivadoras. E hoje não será diferente. Através da Assessoria Corredores da Zona Norte e das redes sociais, consegui conversar com a Mariana. Ela topou compartilhar a sua experiência de como foi correr a Prova Bertioga - Maresias SOZINHA ! Sim, vocês leram bem...Ela correu 75km sozinha ! 

 

 

 

E agora toda a história da Mari, nos mínimos detalhes.

 

Nome:Mariana Yamasaki

Idade : 26 anos

Profissão: Estilista

Onde mora: Santana – Sao Paulo

 

A corrida começou a entrar na minha vida em 2012, iniciei a atividade física pelo mesmo motivo da maioria das pessoas, estava em busca de qualidade de vida, mas principalmente o emagrecimento. No inicio apenas caminhava, “ nossa como era difícil caminhar 4 km”, mas aos poucos aumentei km por km, quando resolvi colocar uma meta em minha vida. Metas traçadas então comecei a seguir em diante para realiza-la, coloquei como objetivo correr 10k, pois achava uma distancia incrível na época, mas para chegar nos 10k

tao sonhados precisaria passar pelos 5k e ver como me sairia nesta distancia e dali em diante fui apenas aumentando as minhas distancias ate chegar nos 75k.

 

Tenho pessoas ao meu lado que me incentivam diariamente seguir a diante em busca das minhas metas, a peca principal da minha vida e a minha irma mais velha, que sempre foi viciada em esportes e hoje é a pessoa que mais me apoia durante as provas, me apoia literalmente ! Foi meu apoio nos 50k endurance e nas duas Bertioga Maresias que participei, ela me da todo suporte

físico e psicológico durante o meu período de prova. 

 

Eu sou uma amante do atletismo, respiro a corrida, procuro sempre estar ligada ao mundo do atletismo! Não tenho preferencia por um tipo de prova, acredito que todo desafio é valido desde que feito com amor e segurança. Amo o asfalto, a montanha aprendi admirar e a esteira é o meu amor maior, tanto que faço todos os meus treinos na esteira, é nela que testo o meu psicológico

e ajusto o meu ritmo e pisada para cada desafio.

 

 

 

BERTIOGA- MARESIAS

 

A prova Bertioga – Maresias é o meu xodó. Uma prova que me apaixonei desde a primeira experiência, considero ela encantadora, super me identifico com o clima e o tipo de desafio.

 

Foi em 2014 a minha primeira experiência nela, quando fui fazer o apoio de alguns amigos que participariam da categoria solo. Foi em outubro deste ano que recebi o grande presente de ser pacer de dois amigos, entrei nos 2 últimos trechos da prova, tinha como missão distrai-los do cansaço, e puxa-los ate o final, dando apoio com alimentação, medicamentos e dividir grandes historias

pelo caminho.Apos entrega-los na linha de chegada, e ver a alegria que estampava em seus olhos decidi que esse seria o meu próximo desafio. A ideia seria voltar solo em outubro de 2015. Me programei para dar inicio a minha preparação, calculei que em 1 ano estaria mais que preparada para encarar os 75km tao sonhados, porem nem tudo sai sempre como gostaríamos, no meio

de 2015 me lesionei e saberia que seria um risco me inscrever para uma ultramaratona na praia com dores no meu tendão, agora a hora era encontrar uma solução para voltar naquele ano como atleta e não como pacer.

 

Quando tomei a decisão que faria a prova em trio, porem com as condições que fizesse a maior parte do percurso, e fui abençoada para realizar essa minha vontade, a minha irma topou o desafio, mesmo não correndo nem 10k, mas fez isso por mim, abriu a prova e entregou a prova para que eu e o meu amigo dividíssemos o restante. Quando falo que fui abençoada, foi pelo simples fato de ter escolhido duas pessoas que abraçassem o meu sonho e me permitisse fazer quase metade da prova. Em outubro de 2015, corri 34km da Bertioga – Maresias sonhando com aquele numero vermelho do solo. Ao voltar da prova sabia que tinha muitos pontos a melhorar, para seguir em busca do meu sonho.

 

Foi quando resolvi que era o momento de ir em busca de ajuda, de quem realmente sempre me inspirou,o meu coach Marcelo Avelar, que de primeira disse “sim” ao meu desafio, me passando a confiança que precisava no momento. Foram 7 meses me preparando, ajustando os treinos de musculação, seguindo planilha e fazendo uma reeducacao alimentar.Foram meses de muito aprendizado, muito mais do que atleta me tornei um ser humano melhor. Cada semana tinha uma surpresa na minha planilha, um km a mais ou então dois treinos no mesmo dia. Posso dizer que são dias que ficaram marcados eternamente em minha vida, que trouxeram uma luz e uma cor vibrante a minha historia. Basicamente, na semana fazia treinos curtos porem intensos, melhorando a minha resistência e nos finais de semana me dedicava aos meus “longos”, que era um presente pra mim,nada pode me deixar mais

feliz do que me dedicar horas a corrida, praticamente passar uma manhã inteira na esteira! ( sim, fiz a maior parte dos meus treinos longos na esteira, inclusive os de 40k). Aprendi neste período o poder dos nutrientes e me alimentar em movimento, o que eu tinha muita dificuldade, sempre achei que comer correndo não seria legal pra mim, muito pelo contrario, essa é a melhor

forma do corpo recuperar.

 

Algumas dificuldades apareceram no meio do caminho, mas foram necessários para eu crescer como corredora. Tiveram dias que precisei dos meus amigos que passavam la na minha esteira para falar qualquer coisa, me distraindo, afinal o cansaço aparece depois de um certo tempo, e veio o primeiro aprendizado :Sozinhos somos bons, mais juntos somos muito mais fortes !, o meu treinador teve um trabalho excelente comigo, pois alem de me passar técnicas de corrida e preparar o meu corpo ele me treinou psicologicamente, controlando a minha ansiedade que tanto me atrapalhava e mostrava que a palavra “ desistir” não existia, fez que o meu treinamento para aquela prova casca grossa se tornasse um divertimento; em relação a minha vida social, não tive muitos problemas, afinal eu estava apenas abdicando de uma vida noturna por um tempo e que os meus amigos me entenderiam, sempre deixei claro a eles a importância daquele momento para mim, e com isso ganhei muitos anjinhos que me guiaram e me incentivaram durante meses ! 

 

Mariana x Desistência

 

Nunca passou pela minha cabeça em desistir, tanto que todas as dores que sentia a única coisa que pensava era “ sou mais forte que isso” , nada e nem ninguém me faria desistir de viver este momento. Levei comigo durante horas o meu mantra “ eu quero, eu posso, eu treinei, me esforcei e eu vou conseguir” , e me apego demais a essas palavras, acredito muito que pensando positivo não tem como dar errado. Alem de eu sempre seguir em busca dos meus sonhos, pelo simples fato de amar! Eu amo correr, e quero

passar isso para todos que estão comigo.

 

Mariana – A prova

 

Finalmente, depois de meses de preparo, chegou o grande dia ! 5:40 da manha la estava eu largando em busca do meu sonho! Aqueles 75k casca grossa! Muita chuva, muito vento, mas muita vontade!Larguei de noite, uma escuridão que a única coisa que passava pela minha cabeça era : “ concentração para não virar o pé”. Passava Pcs por Pcs e mentalizava que já havia vencido uma distancia, e kms já havia deixado para trás.

 

Psicologicamente me mantive forte a prova toda, sorrindo e tentando passar a minha emoção a todos que passavam por mim, tive uma grande ajuda do meu cunhado, que foi ao meu lado o percurso todo, controlando o meu tempo e não deixando que tivesse grandes preocupações, ele foi uma peca importante para eu encarar este desafio com êxito .Porem, dificuldades surgiram, essa prova é aquelas que todos subestimam, mas é traiçoeira, casca grossa demais! O que mais me incomodou durante o percurso, foi o problema de digestão que tive, acho que este é o maior desafio da ultramaratona, conseguir ajustar a alimentação/ suplementação de uma forma eficaz. A minha nutri Claudia, passou um cardápio excelente onde apontava o que devia ingerir a cada PC,

porem dos 50k para frente foi difícil seguir a risca todas as orientações, e neste momento começou a pesar. Posso afirmar, tudo que aconteceu durante esses kms valeram a pena, é emocionante demais, poucas provas eu vi torcida como vi nesta, muitos que

você nunca viu na vida lhe proporcionam um sorriso, um carinho que ficara guardado na memória. É uma prova difícil, o período de treino é cansativo, mas tudo se torna incrível no final.

 

 

 

 

 

 

O segredo é único: dedicação.

 

Concluindo a minha vivência durante esses 75k, deixo as minhas dicas para quem assim como eu tem esse sonho, e leva essa prova como alvo! 

 

1. Escolha como coach uma pessoa que admira, que lhe passe confiança e transmita carinho e segurança todos os treinos.

2. Ouca todos os conselhos dados pelo seu treinador, respeite o seu corpo e o descanso necessario para recuperação

3. Procure uma nutricionista que ajuste a sua alimentação para que consiga encarar horas de esforço físico

4. e a ultima dica e a mais especial: leve amor e sorriso dentro da sua mochilinha de hidratação, só assim 75k ficam mais prazerosos e gratificantes !

 

Rapidinha 

A Mariana é : alegre e determinada, uma menina sempre em busca dos seus sonhos.

Uma frase:” se não puder voa, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje, mas continue em frente de qualquer jeito.” - Martin Luther King

Um atleta (de qualquer esporte): Usain Bolt

Inspiração ( mundo running / não precisa ser famoso): o meu Coach Marcelo Avelar

Um sonho: Tenho muitos sonhos, mas um deles é me aperfeiçoar na corrida e me especializar em longas distancias.

Principal Refeição do dia : Cafe da manha

Principal Hobby: Corrida

Quando não estou fazendo atividade física, eu estou : Jantando com amigos, assistindo filmes e indo em bares

Minha música predileta : Nosso Santo Bateu – Matheus& Kauan

Meu cantor/Minha Cantora : Matheus&Kauan

Comida predileta: Chocolate

Praia ou Montanha :Praia

Dia ou Noite : Dia

Estação do Ano : Verão

Salgado ou Doce: Doce

 

 

 

Que história incrível !  São pessoas como a Mari que precisamos ter por perto !!! Que motivação !

Mari, parabéns pela sua conquista ! Você mereceu ! 

 

 

 

 

E ai você já traçou seu desafio ?

Está esperando o que ?

 

 

Um Beijo

 

Nati Soares #NoRitmoDela

 

 

 

 

 

 

 

Please reload